Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Devaneios’ Category

Considerações

Imagem: Fotos da África – Sebastião Salgado

I
No fundo, o amor é o egoísmo compartilhado.

II
Se “hasta la muerte todo es vida”, então a morte do outro também é vida?

III
Voltando da padaria, encontrei uma lagarta carregando solenemente uma barata morta. Como perdoar a humanidade por esse pasmo?

Read Full Post »

Solidão de indivíduo

Imagem: Foto – Henri Cartier Bresson

Era como uma criança adormecida,
Sonhando com um deus qualquer e uma grande lua antiga.
Era um pássaro,
Um vôo,
Essas coisas que não entendo
E por isso só sei contemplar.
Era uma mistura de acasos,
No caos
Um eco
No sempre.
Via passar os invernos e os verões, derrubando Aurelianos e Arcadios em uma provisão secreta.
Porque sou da estirpe.
E “as estirpes condenadas a cem anos de solidão não terão jamais uma segunda oportunidade sobre a Terra”.

Read Full Post »

Epígrafe

Imagem: Google Imagens – Labirinto – Maurits Cornelis Escher

Olha, eu te quero bem e me deixe falar por um instante mais. Pode ser difícil enfrentar o mundo agora, pois como disse Clarice [Lispector] “Um mundo todo vivo tem a força de um inferno” mas tu tens a mim e, afinal, nitimur in vetitum – nós buscamos o proibido. E olha, me incomoda a tua rustiquez dos gestos, essa sede insaciável que as possibilidades criam [em mim]. Não abre essa porta agora porque não quero te ver saindo da minha vida, não vai, fica. Não me deixe nessa miséria agonizante que é a dúvida, não me deixe, não deixe, não… Deixe.

Read Full Post »

D’el mar

Imagem: sea – GettyImages

“Y del mar se enamoró y su cuerpo se enraizó en el muelle.

(…) Y del mar nunca, jamás la separaron.”


(Maná – En el muelle de San Blas)

Read Full Post »

Po e mar

Imagem: foto – Imagens Google

Eu tudo posso

na P  O  E  S  I  A

que me fortalece.

Read Full Post »